A intenção por trás de toda ação.

12 de dez de 2016


Acabei de sair de uma época turbulenta. Chorei, cansei, estressei e mais mil ações que revelam o quão era necessário colocar o pé no freio e o que eu preciso de férias, urgente!

Mas, no meio dessa semana, eu tirei alguns dias para descansar a cabeça. Não pensar em nenhuma preocupação, em nada do que tinha que fazer em entregar, só ter aquele prazer de deitar a cabeça no travesseiro e ficar ali o tempo que eu quisesse. Nesses momentos, eu gosto de colocar alguma música pra tocar e ajudar o coração a descansar. 

Por incrível que pareça, resolvi acessar meu facebook e vi alguns amigos compartilhando uma pregação e com legendas que despertou o interesse de assistir. Parecia ser tudo o que eu precisava ouvir naquele momento. E era. 54 minutos com os olhos preso na tela, prestando atenção em cada palavra dita. E, no final, uma única pergunta ecoava na minha cabeça: " Porque eu faço o que eu faço?". É, isso mesmo, qual é o real motivo por trás de todas as minhas ações e de tudo o que assumo fazer? Será que a intenção no meu coração traduz as minhas atitudes de maneira perfeita ou tem algo escondido?

Falo isso no geral, temos a mania de colocar máscara e mostrar o que os outros querem ver e não o que realmente somos. Da mania de querer atrair os olhares ao invés de olhar para dentro. Já faz um tempo desde que parei de postar coisas na internet só para atrair a atenção de outras pessoas e agradar outras pessoas. Eu comecei a abrir meu coração, a expor o que eu realmente penso, o que eu realmente quero, o que eu realmente sonho. E a intenção era mostrar quem eu sou e não o que eu achava que poderia ser.

Como cristã, muitas vezes estamos nos importando demais com o nosso redor, sabe? Fazemos porque tem alguém olhando, ou pra que tenha alguém olhando. As vezes a mão está levantada, o olho está fechado, mas o seu coração está tão longe daquilo que os seus lábios estão cantando. Temos aquele momento ali tão especial e tão único, e ao invés de aproveitar aquilo de uma maneira nova, estamos preocupadas demais com o que podemos mostrar e o que podem pensar. É, eu já fui assim.

Eu não sei vocês, mas eu gosto do que é verdadeiro, do que é puro, do que vem de dentro pra fora. Eu prefiro me decepcionar com uma pessoa na primeira conversa do que criar a ilusão de quem ela parece ser mas não é. Minha mãe sempre me ensinou que devemos ser na rua o que somos dentro de casa, uma hora ou outra esses dois extremos vão se encontrar. E eu me pego imaginando, se um dia o meu coração se encontrar com as minhas ações, como é que vai ser? Será que temos feito coisas a ponto de não se preocupar com esse encontro? Falando por mim, eu tenho que concertar muita coisa e tenho que ter atitudes diferentes demais.

Não escrevo isso para moldar as atitudes de vocês. Escrevo porque do mesmo jeito que me fez bem abrir os olhos dessa maneira, talvez pode acontecer o mesmo com vocês. De vez em quando é bom levar um "tapa" da vida, pra reavaliar nossas atitudes e nos tirar da monotonia do dia a dia.

12 comentários:

  1. Precisei levar muitos tapas para melhorar como pessoa, e ainda continuo levando.
    Como cristã, muitas vezes me vi obrigada a manifestar coisas que eu nem queria. Mais aprendi a não me colocar no padrão, e sou mais feliz assim.
    Beijinhos ;*
    Blog Menina Caprichosa | Canal Youtube | Facebook | Insta

    ResponderExcluir
  2. Querida como sempre palavras muito sinceras, gostei muito!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderExcluir
  3. Verdade Mesmo,as vezes agente precisa de um empurrãozinho ou um tapinha da vida,pra acordarmos...
    Amei ler seu post

    ResponderExcluir
  4. Cara, só li verdades no seu post.
    Tanto sobre uma hora precisarmos parar para refletir e, principalmente, sobre sermos nós mesmos independente de onde formos.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Lolla, me identifiquei com cada palavra, e estou neste mesmo momento, da descobertas, dos porquês e para que. Reconheci que estava errando, pensando que estava acertando, tudo para agradar aos outros ou apenas para parecer apresentável perante eles. Mas Jesus tem ardido de maneira tão forte em mim que abri meus olhos e resolvi ser eu mesma. Meu foco agora é agradar somente a Deus, e ser quem ele quer que eu seja.

    Estou começando um blog agora e meu objetivo é acima de qualquer outra coisa é falar de Jesus nele, e você me inspirou de mais... parabéns pelo seu blog


    https://bonsventus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Que texto mais lindo! Você me motivou e me fez querer ser cada vez mais forte. Amei mergulhar nas tuas palavras! ♥

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  7. Amei o texto! Nós, cristãos, não devemos nos moldar conforme os padrões da sociedade, não devemos nos importar com a opinião dos outros, temos que saber o que Jesus quer para a nossa vida. Eu venho tentando colocar isso na minha vida.
    Beijos!

    http://www.tarsilamartins.com/

    ResponderExcluir
  8. Lolla, essa semana passei por uma situação meio triste, e em meio a lagrimas perguntei pra Deus o porque eu não podia ser abençoada da forma que eu queria... Aí minah resposta foi: você quer ser abençoada pra que? É pra glória de Deus? Nisso na hora pedi perdão e agradeci por tudo o que tinha, inclusive bençãos que me veio à mente na hora. Muito dessa tristeza era descontentamento por tentar agradar a todos e não conseguir... mas Deus me mostrou mais uma vez que quem tem q ser agradado é Ele, sempre!!! Deus te abençõe!!
    Bjks!
    LetS
    www.leticiaseki.com

    ResponderExcluir
  9. Lolla, aue texto perfeito! ♡
    E sabe, estava precisando ler algo assim! Na verdade estou precisando também desse momento de reflexão, dessas férias e conversar mais com Deus.
    Estou sentindo falta disso! :(

    Me fez acordar esse texto!
    Muito obrigada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Nossa que texto,me sinto exatamente como vc! A sociedade nos impõe diariamente padrões para seguir, mascaras para colocar, temos que lutar contra isso, pq inevitavelmente nos decepcionamos e o sofrimento vem. Ninguem nunca tá satisfeito com nada e nós não podemos mudar isso. Já sofri muito por tentar ser alguem que eu não era só pra agradar alguém e no fim quem se ferrou fui eu, hoje mudei e sou definitivamente feliz assim.
    Bjos

    ResponderExcluir
  11. Eu também prefiro me decepcionar na primeira conversa do que me iludir em relação a uma pessoa. Seu texto é cheio de sentimento e me identifiquei pois aconteceram coisas semelhantes na minha vida.

    Alana Zoz

    ResponderExcluir
  12. Quando você chega nessa situação, a busca pelo autoconhecimento começa e sua mente começa a se expandir, a gente precisa levar vários tapas antes disso, mas é necessário.
    Lindo texto e lindo blog!

    Beijão e fique bem,
    http://desencanamina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir