24 horas sem redes sociais - #PrayForTheWorld

16 de nov de 2015



Eu sou uma pessoa que se sensibiliza muito fácil com várias coisas. E não foi diferente com os recentes acontecimentos no mundo todo.

Como cristã, eu sempre ouvi a frase " Chorar com os que choram".  Eu nunca entendi muito bem, mas em diversas situações me senti egoísta por saber orar por mim e não conseguir orar por uma pessoa tão distante. Muitas das vezes dentro da igreja dou a mão para a pessoa que está do meu lado e oro por ela, ainda sou bem específica em dizer " eu não conheço, mas o Senhor conhece...", e eu ainda me questionava o que tornava aquela pessoa tão diferente das pessoas que estavam distantes de mim? Nada. Não tinha nada.

Até que pedi a Deus para me mostrar como orar, e na sexta- feira a noite quando soube dos ataques em Paris eu comecei a ficar inquieta, naquele dia havia separado as coisas para fazer a minha doação a Governador Valadares, são quase meus vizinhos. Mas e eles que estavam em outro continente? Como eu iria fazer?
E depois de assistir o jogo - Sendo bem sincera, só sei de algumas jogadas do David Luiz, o gol do Lavezzi e os cartões, de resto, não lembro -  fui para o meu quarto, apaguei as luzes e comecei a fazer a minha oração. Pensando em como eu poderia orar veio muito claro no meu coração a pergunta: E se você estivesse com eles? Ah, na mesma hora meu coração se partiu em vários pedaços, como se cada um deles fosse um país e naquele momento, como se eu estivesse com eles, eu entendi o que é chorar com os que choram. Assumo que custei a dormir, postei uma frase no meu facebook e ao acessar o meu twitter ( já de madrugada), dei de cara com as brigas, aí atualizei o facebook e tinha vários textos, uns pediam oração, outros julgavam os que pediam oração. O pessoal que estava em alguma causa em favor de Minas Gerais julgava os que postavam em favor de Paris e vice- versa. Fechei a rede social e fui tentar dormir, era o melhor que eu poderia fazer naquele momento.

No sábado eu acompanhei alguns jornais, e ao abrir as redes sociais dava de cara com mais brigas. Só que li coisas piores, alguns desejando que certas pessoas estivessem lá, li brincadeiras de mal gosto, li pessoas xingando aquelas pessoas que fizeram as tais brincadeiras. Aí apareceu pessoas para xingar as que estavam xingando e pessoas para defender as que estavam xingando. Ué, e o tanto de hashtag pedindo mais amor no mundo? Onde foi parar? Cadê aquela movimentação toda?.

Decidi me distanciar das redes sociais por 24 horas, não queria ler nada para não me estressar ainda mais. Não quero ser melhor do que ninguém, tô bem longe de ser. As 24 horas passaram e eis aqui o que chegou de lição:sabe o que me irrita? A falta de respeito com o próximo. 

No facebook você tem a opção de escolher quais vão ser os seus amigos e na parte de status está escrito " No que você está pensando?". Ótimo, vou expressar meu ponto de vista. Mas até aí tudo bem, se a pessoa discordar da sua opinião e quiser expor pra você também é uma boa decisão. Só que tem gente que vai lá e começa a xingar a outra pessoa, mandar para tal lugar, falar da mãe. GENTE, CADÊ A PAZ QUE VOCÊS ESTÃO PEDINDO? Se te incomoda tanto é só você apertar desfazer amizade e pronto, acabou!Uma opinião a menos para você se preocupar. Twitter é a mesma coisa, só deixar de seguir. Não somos obrigados a ler, ouvir ou aturar qualquer tipo de coisa. Mas a partir do momento que você permite que aquilo apareça no seu feed, temos que aguentar ( ou ocultar aquela postagem). Tenho amigas com opiniões totalmente diferentes das minhas e mesmo assim eu não apareço nos comentários xingando ninguém.

Em todos esses anos que acesso diversos sites eu aprendi duas coisas: A primeira delas é lição da vida inteira mesmo, minha mãe sempre me disse que depois que uma palavra saiu da sua boca, ela nunca mais volta. Ou seja, se ela tiver que machucar alguém, ela vai machucar. Por isso, antes de falar sempre penso em como pode afetar aquela pessoa, mesmo que eu esteja a ponto de explodir de raiva. O velho ditado, não faça com os outros o que não quer que seja feita com você. Não faço e não falo. E a segunda coisa é que o que você publica na internet gruda na cabeça das pessoas. É incrível isso, ninguém esquece, ainda mais com essa mania do facebook de diariamente te trazer a memória todas as vergonhas que você passou naquele mesmo dia durante todos os anos em que acessa a rede. Da mesma maneira que temos que nos policiar ao comentar, temos que fazer ao publicar. A partir do momento em que você publica algo, você tem que aguentar a opinião das outras pessoas também. Não é a toa que está escrito " Escreva um comentário", né?! Apesar que deveria mudar para " jogue lenha na fogueira". Enfim, não vamos fugir do assunto.

Não estou querendo ser a boa samaritana. Posso ser uma em um milhão que pensa desse jeito. Mas eu posso mudar a minha atitude e inspirar cinco pessoas ao meu redor, e essa cinco pessoas podem inspirar mais cinco e essas cinco mais cinco. E aí não vou ser só mais uma, entenderam aonde eu quero chegar? Se você quer o amor no mundo, exale esse amor. Se você quer paz, exale essa paz. Se você quer uma mudança, seja essa mudança.

O que uma pessoa pública no facebook não é culpa da mãe dela, ela não tem nada a ver com isso. Se ela tivesse culpa,  teria usado a própria conta para fazer isso. Então, vamos parar de xingar a mãe do outro, vamos parar de mandar a outra pessoa tomar no vocês sabem onde só porque ela está pedindo oração por Paris , porquê isso não vai fazer a água do rio doce purificar e muito menos vai trazer segurança para as pessoas que estão desesperadas no mundo inteiro. Mas se você fizer uma doação vai ajudar aquelas pessoas. E se você orar pelo mundo pode trazer segurança aos corações, conforto aos que perderam os seus familiares. Uma oração pode trazer cura, pode fazer um milagre  pois lá em Tiago 5:6 fala que a oração de um justo ela é poderosa e eficaz. a oração de UM justo, imagina a de milhares? Só pensa nisso, se você não concorda com a minha religião é só mandar pensamento positivo.

Independente da sua opinião, da sua religião, do seu país, da sua causa. De uma coisa eu tenho certeza. Vivemos no mesmo mundo, e ele está precisando de pessoas de bom coração.
Pensem nisso e que Deus abençoe vocês.
O Amor é o que nos faz um. 


11 comentários:

  1. um ponto de vista maravilhoso
    tragédias são tragédias e é um tanto quanto ridículo querer julgar quem tá mais ferrado. Todos precisam de auxílio e amor, assim como tantas outras situações precisam, situações além de Minas e Paris...
    se cada um respeitasse a opinião dos outros, o mundo seria um lugar melhor. Tédio de quem se julga dono da verdade.

    beijo
    beinghellz.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu também me comovo muito com tragédias, sinto tanto em ver tantas noticias ruins na televisão. Cada dia que passa nosso mundo ficando mais perigoso, mais mortal. O mundo precisa de mais amor!
    www.reacreditar.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa, adorei o seu texto. As pessoas julgando e brigando por tragédias, gente que horror.
    E adorei o que sua mãe disse, realmente as palavras tem o poder de machucar alguém e depois que ela saiu, já era sabe? Temos que pensar muito antes de falar.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  4. Cara, eu juro que não entendo as pessoas. As pessoas brigando/discutindo porque alguém colocou #PrayForParis no status e não colocou para Mariana, sabe? WTF. Uma tragédia não anula a outra e cada um é livre para se comover com o que quiser.

    Eu fico realmente chocada e triste como o fato de discutir, falar que é modinha e reclamar da atitude alheia é mais importante do que orar por TODOS. Enfim, tenso.

    Beijos. www.bocaabocablog.com

    ResponderExcluir
  5. Exatamente, falta de respeito é o que mais me irrita. Fico chocada com a falta de amor ao próximo onde quer que seja.

    Beijos Amora
    Amoras com Classe

    ResponderExcluir
  6. É sem comentários o que está acontecendo no mundo, né? Eu só peço paz. E amor! Muito amor ao próximo. Bjs

    http://www.mayaravieira.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu fico impressionada com essa falta de respeito, de sentimentos que as pessoas tem com o próximo, como se toda essas tragédias, todas essas pessoas mortas, feridas, famílias destruídas... Fosse uma piada. Sinceramente tenho nojo de seres humanos assim, que só pensam em si e nada mas, eu fiquei e ainda estou muito tensa, com todos esses acontecimentos ruins que anda ocorrendo aqui no Brasil e no mundo inteiro, nem vejo televisão porque só vai me deixar pior. :/

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  8. Lolla! Lolla, Lolla, Lolla! Você acabou de me fazer chorar (e muito) com esse post. Todo mundo deveria ler esse seu texto. Eu concordo com tudo! Você tirou todas as palavras da minha mente e boca. Eu fiz o mesmo que você: me afastei um pouco das redes sociais, porque estava mesmo impossível ver todas aquelas palavras ditas duramente de um para o outro. As pessoas acham que por poderem expressar sua opinião, podem dizer qualquer coisa sem medir os resultados daquilo que elas estão falando. E nossa, como falta respeito!
    E sim, as pessoas precisam mesmo mudar e precisam SER A MUDANÇA! E falta algo ainda maior. Falta amor. Eu sei que estamos cansados de ouvir isso. Mas é verdade. Parece que o amor perdeu seu significado. Ficou parecendo um sentimento banal.. Mas eu ainda acredito na mudança das pessoas. Mesmo que eu não esteja viva pra ver isso acontecer, sei que ainda vai. Tenho fé nisso! Eu ainda espero que elas saibam respeitar umas as outras.
    Seu texto foi o mais lindo e emocionante que li essa semana. Obrigada por compartilhar conosco! Bêjo!!

    PS: amo sua url e amo seu apelido!

    www.itszabella.com

    ResponderExcluir
  9. Lolla, é uma falta de Deus, tem horas que eu não sei nem o que falar, so rezo baixnho pedindo pra Deus mais amor, e que ele faça o melhor, e cumpra o proposito dele. Mas de uma coisa eu sei, não quero estar aqui pra ver o que esta por vir.
    bjkas lindona
    www.garotafucada.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Lolla,
    Quem não vive uma experiência com Deus diariamente fica falando bobagens por ai. Cansei de ver tanta gente cricri no facebook, por isso optei por não manifestar o que penso das coisas lá e no twitter falo só amenidades mesmo.
    Big Beijos
    Lulu
    http://www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
  11. Que post mais inspirado Lolla.. acho muito importante a gente falar dessas coisas.. realmente tudo que anda acontecendo e muito triste e precisamos orar e orar. Achei linda a sua iniciativa de escrever algo aqui..tbm sou crista e temos que ser luz no mundo ne? Bjs querida, Deus abencoe vc tbm!

    www.sisterlylove.com.br

    ResponderExcluir