Praticando o desapego.

30 de set de 2014


Ontem a noite após chegar de um dia super cansativo no trabalho, cheguei em casa e corri para o meu quarto. Me assustei com o que encontrei, tinha roupas para tudo quanto é lado, mal conseguia andar ( e olha que meu quarto é bem pequeno). E para falar a verdade, eu nem sabia como todas aquelas roupas haviam parado ali, " na segunda eu cheguei, troquei de roupa e joguei ela... no chão" e consecutivamente todos os outros dias da semana. Bagunça e bagunça, precisava arrumar tudo isso, certo? Precisava colocar todas aquelas roupas para lavar, precisava arrumar meu quarto. Já tenho 19 anos, é obrigatório ter uma organização, minha vida já é uma bagunça, o quarto não, me recuso.
Aí para solucionar de vez todo o problema, decidi que iria faltar a faculdade e arrumar tudo. Meus irmãos saíram de casa as sete e as sete e meia comecei a arrumar. Revirando uma das minhas gavetas da comoda vi várias blusas que eu não usava, outras que eu nem me lembrava.
Tinha uma blusa que era de uma amiga, que foi uma das minhas melhores amigas. Era uma das blusas preferidas dela e um dia ela me disse que era para eu guardar com muito carinho. Hoje não somos mais amigas, a gente nem sequer se olha cara a cara e eu vivia presa a essa amizade antiga. Vivia presa e ela se soltou de tudo com uma facilidade sem tamanho. Peguei a blusa e em um misto de saudade com decisão, separei outra sacola e coloquei essa blusa " preciso de espaço para guardar tudo que está por vir" pensei comigo mesma, e comecei a separar todas as peças do meu quarto que me lembrava todas as pessoas que foram especiais por mim, durante um longo tempo, e hoje já não faz mais sentido ficar presa a tudo isso. Elas marcaram a minha vida, de várias maneiras possíveis. Sou grata a eles, mas não preciso me prender a isso. Mexendo em outra gaveta ( que já estava mais arrumada) achei uma blusa minha, que era a preferida de um garoto que paquerei por muito tempo. Me lembro de que todas as vezes que usava aquela blusa ele me elogiava, a gente se dava bem, mas não deu certo. Eu havia saído machucada mais uma vez e sempre que eu colocava essa blusa eu me lembrava dele, e de todo que eu senti, e depois me lembrava de como me senti depois que ele foi embora. Olhei para uma sacola, e vi uma blusa que minha irmã havia me dado. Quando coloquei essa blusa me senti tão bonita, tão... viva. Viva. Feliz. Radiante. E não deu outra. Peguei a blusa que me lembrava meu ex amor ( existe isso?) adolescente e coloquei na sacola separada. A sacola do desapego. 
Enchi ela com mais ou menos meia hora. Meu quarto estava todo revirado e como se a minha vida tivesse sido revirada ao mesmo tempo. Vocês devem estar se perguntando onde eu quero chegar, certo? Então vamos lá, vamos supor que a vida de vocês ( inclusive a minha) seja o meu quarto, ela está toda bagunçada, de pernas de ar e você não sabe o que fazer. Sim, estou propondo a você arrumar a sua vida. Eu aposto, que assim como o meu quarto e como a minha vida, existem pessoas por aí presa a sentimentos antigos. Não consegue esquecer aquela amiga que você valorizou demais mas ela nunca te deu o valor merecido. Não consegue se livrar daquele garoto que você jurou para todas as suas amigas que iria casar com ele e no final ele foi um idiota e te deixou magoada. Não consegue parar de pensar em todas as coisas que poderia ter feito. Os famosos " e se" da nossa vida. " E se eu não tivesse conhecido ele", " E se eu tivesse escutado a minha mãe", " e se eu tivesse mandado ele se ferrar quando tive a chance". Agora, vamos acrescentar um novo; E se você esquecer tudo isso e começar de novo? Limpa. Joga Fora. Pega um saco de lixo ( deixa sua imaginação voar) e coloca todos esses sentimentos.Se desapega, garota (o). Abre espaço no seu coração para coisas novas, para sentimentos novos, para pessoas novas. Transporta todo esse sentimento que você tem guardado aí para essas pessoas que não fazem a minima questão de estar na sua vida, coloca ele pra circular, com certeza deve ter alguém perto de você que também precisa de amor, de carinho, de um sorriso, da sua amizade. As melhores memórias a gente guarda no coração, com carinho. O restante a gente pode se livrar. 
Agora que eu terminei de limpar tudo, percebi que tiveram vários espaços vazios. Mas sabe o que é mais íncrivel? Tô me sentindo mais leve, meu coração tá mais leve, minha alma ta mais calma. Ah! E o meu guarda-roupa? Bom, ele agora está com espaço sobrando para coisas novas. Igual a minha vida, ela está com espaço de sobra para todas as novas experiências, todos os novos amigos e amores, todas as novidades que o destino tem reservado pra mim.
E agora é a sua vez, go on girl, desapega!

16 comentários:

  1. Sempre bom desapegar de umas coisas de vez em quando né? Fiz isso semana passada!

    www.brazilianvogue.com.br

    ResponderExcluir
  2. Sempre quando leio seus textos, gosto mais e mais de cada um, que talento para a escrita em <3
    Estava precisando ler um texto dele, meu quarto também está todo bagunçado, assim como a minha vida kkkkkk as vezes temos que desapegar, para coisas novas entrarem né, é um ciclo.
    Lembrei da músiquinha: "desapega, desapega, OLX" kkkkkkk

    E queria te avisar que a segunda parte do projeto que você participou la no blog acabou de ser postada, vai la da uma conferida e muito obrigada pela sua participação ♥

    Beijoss
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto que lindo realmente eu sou assim levo mais tempo para desapegar tem pessoas que é igual um furacão se livra de tudo de uma vez não espera o outro dia mais nunca é tarde para aprender a valorizar quem nos valoriza e não dar espaço para pessoas vazias que só nos diminuem e em nada acrescenta! O mais importante e deixar espaço para coisas novas! Bjs


    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
  4. Eu me desapeguei de muita coisa e pessoas, apesar do aperto no coração me fez um bem danado.

    www.youngblood.blog.br

    ResponderExcluir
  5. ADOREI o post, desapegar de pessoas e sentimentos que nos fazem mal ou nao agregam é fundamental para podermos continuar felizes seguindo em frente

    www.tofucolorido.blogspot.com
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro pegar tuuuuudo que eu tenho, jogar no chão e começar a ver o que eu não uso mais, o que nem serve e eu guardo pq me lembra algo, e ver o que eu realmente quero continuar tendo ou não.. Essa limpeza limpa a alma também, né? <3 E com tudo é assim, não só com as roupas.
    Incrível sua reflexão, Lolla <3
    Beijão!
    www.vitaminatrendy.com

    ResponderExcluir
  7. Um texto maravilhoso!!
    Eu sei bem essa sensação de desapego sabe??
    É tão bom quando nos damos conta de coisas que atrasam nossa vida...

    www.chadecalmila.com

    ResponderExcluir
  8. Amei o texto! Hoje em dia (ou quase)sou super tranquila com essa questão de desapegar. Sempre olho o que uso ou não para doar ou vender. Eu ando pensando muito nesta questão de arrumar minha vida, até comprei o livro Organize-se em Um Minuto. É muito bom!
    Beijos!

    http://blogdaandy.com/

    ResponderExcluir
  9. desapegar é a melhor coisa que existe! você se sente mais leve, se sente sem aquele peso te puxando pra trás e se sente totalmente preparado pra seguir em frente. Mas cada coisa tem sua hora, tem certas coisas que sabemos que precisamos desapegar mas sentimos que não é a hora certa, então temos que respeitar essa vontade e perceber a hora certa de desapegar :)

    Um beijo,
    Isabella
    The Urban Trends
    Sorteio: Vestido da Romwe

    ResponderExcluir
  10. Voltando aqui rsrs eu queria te avisar que indiquei um post seu no meu blog, se quiser dá uma conferida, é só acessar: http://goo.gl/S8RS6F

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  11. E tem coisa melhor do que desapegear?! Seja roupa, sapato, gente, lugar, aquilo que não serve mais ou não faz bem, manda pra bem longe que vem coisas melhores no lugar :)
    Beijos, Té
    www.bloglola.com.br

    ResponderExcluir
  12. A gente tem que se amar, cara. Como alguém vai nos amar se a gente não tem amor próprio? Não acredito que duas metades deem certos. Sou a favor de duas pessoas inteiras. Independentes, confiantes... Beijos, Clara do http://claravieirablog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Lolla, primeira vez por aqui e já estou amando seu cantinho! É sempre muito bom ler palavras como essas! Fora quem desapegar é ótimo! Haha
    Amei seu blog, MUUUITO sucesso para você! Mil beijos!
    http://www.blogdavivinh.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Concordo! desapegar é super necessário, eu mesma estou no momento de desapego mas sempre doi um pouco né? fazer o que, o amor próprio tem que vir primeiro! beijoos
    www.fashionwithmyh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. As vezes você acha que não, mas a despedida pode mudar sua vida p melhor! :)
    Beijos!
    http://proceed-continue.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Que 'textão' maravilhoso, adorei (palmas)

    http://tudodiferentecomsamaralima.blogspot.com.br/
    Instagram - @samaralima_03

    Um beijo <3

    ResponderExcluir