Dá o Play: Fuller House

12 de jan de 2017

Vou confessar pra vocês algo muito sério: Só agora que estou conseguindo me recuperar da loucura do mês de Dezembro. Nesses poucos dias de descanso, resolvi colocar minhas séries em dia - aplausos para quem consegue assistir tudo e mais um pouco sem atrasar -, descansar minha cabeça, planejar algumas coisas para esse mês. Enfim, blá blá blá. 

Como é mês de férias, pretendo caprichar nas indicações aqui para tirar todo mundo do tédio. Já falei sobre várias séries: The Good Place, Victoria, Chicago Med e  para dar sequência a essa lista, hoje vamos falar de Fuller House.

Eu fico imaginando, escrever uma série de sucesso deve ser maravilhoso, se isso render um spin-off incrível e com os personagens antigos se torna magnífico. Podemos ver isso em Fuller House, a sequência de Full House ( ou três é demais). 

Até participei de um post lá no blog da linda da Leslie indicando essa série. Full House é antiga, fez parte da infância de boa parte da minha família e se tornou uma das minhas favoritas, mesmo sendo encerrada no ano em que nasci. Humor leve, bons assuntos abordados, personagens marcantes ( Jesse e  Becky  <3). Aí, anos e anos depois, a Netflix procurando mais uma forma de chegar arrasando com nossos corações, anuncia uma sequência em que a história se repetiria com um ponto de vista diferente.
Agora é a filha no papel do pai. DJ acabou de perder o marido e tem a missão de criar os três filhos sozinha. Em uma reunião de família, Kimmy e Stephanie decidem abrir mão do que planejaram para dar todo o suporte que DJ precisa na criação de Max, Jackson e Tommy. 

Para quem era fã de Full House também - como eu -  quase morre de amores com todas as referências da série antiga. Fotos, vídeos, bordões. Tem de tudo e para o gosto de todo mundo. Sem contar que o antigo elenco também faz várias participações em diversos episódios ( quando está todo o elenco reunido meu coração fica até maior de tanto amor!).
E se os personagens antigos conquistaram os nossos corações, os novos vieram com a mesma missão. Na foto, temos o Max ( o fofinho de blusa xadrez), o filho do meio da DJ e responsável por boa parte das gargalhadas que dou. Tem o Jackson, o filho mais velho que é uma gracinha, super divertido ver a vida de um pré-adolescente lidando com as mudanças e as paqueras de um ponto de vista masculino. E tem a Ramona, filha da Kimmy, apaixonada por dança e que acaba se tornando uma irmã para os meninos. Ah, além deles, tem o Fernando, marido da Kimmy, um argentino que acabou entrando para a lista de personagens favoritos.

Resumindo: Um elenco de se apaixonar! Para a nossa felicidade, temos duas temporadas disponíveis no Netflix e a terceira já foi confirmada!!!!!! Obrigada, Deus <3 Já estou contando os dias!

E aí, alguém aqui já assistiu a série? Tem curiosidade de ver? Podem me contar!

Um super beijo e fiquem com Deus <3

Favoritos: Golden Globe Awards 2017

10 de jan de 2017

Se tem uma época do ano em que eu gostaria de ser uma atriz de Hollywood é essa. Janeiro é a época mais badalada, premiações em quase todos os fins de semanas, festas, lançamentos e tantas coisas lindas! Nesse último domingo aconteceu o Golden Globe ( ou Globo de Ouro), uma das principais premiações do ano. Vários filmes e séries concorreram ao prêmio e, preciso mencionar, amei ver Claire Foy e The Crown ganhando as categorias em que concorreram! 

Agora, vamos falar dos looks, ano passado eu fiz o post em parceria com a Tainá, nós duas escolhemos 12 looks favoritos e falamos um pouco de cada um. Esse ano eu fiz a mesma linha de pensamento, mas só com os meus favoritos.

 Sofia Vergara, a pessoa que a gente queria ser mas não é, apareceu linda no tapete vermelho com um dourado Zuhair Murad. Muito brilho, muito glamour mesmo! E a Felicity Jones, tão fofinha! Amei a barra do vestido, o laço na cintura, a cor. Ai, tudo! Como eu sempre digo, o vestido que eu queria chamar de meu.
 A Lily Collins é uma das minhas atrizes favoritas no momento. Acompanhei um pouco dos bastidores que ela postou no instagram e estava louca pra ver o que ela tinha escolhido, sem dúvidas, a minha preferida da noite, igual uma princesa!  E a Blake Lively, que não precisamos nem mencionar, só não gostei muito dos bolsos no vestido. Mas, ela continua linda, linda!
Emma Stone sempre está entre as minhas favoritas, dos filmes aos looks. Achei muito amor esse vestido com estampa de estrelas, o que me lembra a música City Of Stars do seu novo filme, o La La Land. Inclusive, o filme ganhou o prêmio das sete categorias que concorreu, tô super ansiosa pra assistir! E a Drew Barrymore, gente, sempre amo os filmes dela! Além de ter escolhido um vestido lindo, ela saiu super meiga em todas as fotos que apareceu!
E começando a sessão de looks da after party, primeiro o vestido dourado e super delicado da Halston Sage, tão simples e ao mesmo tempo tão chique, eu amei! E a Vanessa Hudgens que nunca falha, né? Ela só saí de casa pra arrasar mesmo e dessa vez não foi diferente, a estampa do vestido é linda! Ela arrasou <3
Ano passado eu coloquei a Victoria Justice entre as minhas favoritas, mas, preciso dizer que o vestido desse ano está mil vezes mais bonito que o do ano passado. O preto com as fendas, as correntes em prata, ficou linda! E a Kaley Cuoco, que entrou na lista de favoritos de todo mundo, eu não teria coragem de usar um decote desse, mas ela ficou linda, né? Amei o vestido prata com muito brilho!
E terminamos com o all black também! A Lucy Hale que sempre aparece aqui entre as minhas favoritas, amei o detalhe do busto e a opção por uma manga só, super estilosa e elegante! E a linda da Sophia Bush, que optou por um vestido com só algumas transparências e mesmo assim lindíssimo! As duas arrasaram, né? Não tem como negar!

Ufa! Quantas lindezas! Minhas " férias" acabaram e se preparem que teremos muitas novidades por aqui! Não deixem de me contar quais foram os favoritos de vocês <3

Um super beijo e fiquem com Deus <3


Obrigada, 2016!

29 de dez de 2016

Para o último post do ano, decidi deixar de lado todos os clichês que já encontraram por aqui. Nada de desejos para os próximos 365 dias que estão para começar ( apesar de ter muitos e muitos), nada de texto motivador para ir atrás das suas metas. Não. Só dessa vez. 

2016 foi um ano bem assustador, não é? No geral, no mundo inteiro. Assistimos lutas, rompimentos, brigas, guerras, lágrimas, perdas.No final de tudo, até eu queria dar as boas vindas a 2017 o mais rápido possível! Sei lá, só para respirar fundo e dizer " Ufa!Acabou!". Mas, sabe de uma coisa, se a gente sempre se apega as coisas ruins, só vamos viver as coisas ruins. E, se a gente desapegar um pouco de tudo de ruim, tentar sempre olhar o outro lado da moeda, dá pra viver coisas lindas em meio ao caos sim.

2016 foi um ano de aprendizado, de novos sonhos, de quebra de conceitos. Chorei pra caramba, mas, antes de entregar os pontos e desistir, recebi uma chuva de motivos pra sorrir de novo. Senti no coração de compartilhar com vocês alguns pontos que foram importantes pra mim nesse ano. Coisas que conquistei, coisas que aprendi e que vivi.

Morei fora por dois meses.
fazenda maravilhosa <3


No dia 03 de fevereiro, embarquei para Aimorés, uma cidade que fica na divisa de Minas Gerais. O meu plano era ficar apenas 15 dias e retornar para BH, mas lembra do meu texto de planos fora do plano? Pois é, Deus tinha coisas para me ensinar e minha estadia durou 63 dias. Apesar de ter ficado com os meus tios, estar longe de casa não é nada fácil. Não tem privacidade, não tem aquela história de ver o que quer, fazer o que quer. É um novo jeito de ver a vida, de encarar pontos de vista. Foi uma experiência que me rendeu diversas lágrimas pela madrugada, mas quando desembarquei em Belo Horizonte de novo, só pensava no quão foi essencial para o meu crescimento. No quão lindo foi ver que Deus cuida da gente, mesmo quando Ele permanece em silêncio.

Curso de Teologia.

Não é segredo pra ninguém aqui, sou apaixonada por Deus e pela bíblia. Em Abril, logo depois que retornei da casa dos meus tios, senti uma vontade imensa de começar um curso teológico para adquirir mais conhecimento. E, Deus é tão lindo que essa oportunidade bateu na minha porta e em agosto comecei a Academia da Bíblia. Gente, aprendi tanta coisa linda, eu achava que era impossível me encantar mais por esse Deus que eu sirvo, mas, me enganei, é possível sim!!!!. Estou contando os dias para o segundo semestre começar logo.

Li mais livros do que em 2015.

Talvez essa tenha sido a única meta que eu coloquei para 2016. Sempre fui apaixonada por livros, mas toda essa tecnologia me afastou dessa paixão. Nesse ano, me organizei e conseguir ler vários títulos ótimos, fora todos os milhares de livros do curso de teologia. Não foi um recorde, mas em 2017 eu quero dobrar essa meta!

Célula e Ministério.

Na minha igreja temos um modelo de cuidado e acompanhamento que se chama célula. É um grupo de pessoas que se reúne toda  semana para compartilhar o que aconteceu, orar junto e conversar sobre a bíblia. Eu já frequentava uma célula, mas comecei a visitar uma célula só para meninas e acabei me tornando uma co-líder ( ou vice-líder) desse grupo de meninas. As vezes levo a palavra, oro, converso, aconselho e ajudo cada uma a se tornar mais íntima de Jesus. Sem contar que, sou supervisora em um projeto só para adolescentes, acompanho algumas meninas, fiz novos amigos e tenho muito mais responsabilidades do que imaginava. Tem sábado que chego em casa quase chorando de cansaço, mas deito com um sorriso enorme no rosto e agradecendo a Deus por me permitir viver isso.


Permaneci morena e tirei o aparelho.
Janeiro 2016/ Dezembro 2017


Sempre fui o tipo de pessoa que detestava manter o mesmo cabelo por muito tempo. Mas, 2016 foi um ano tão libertador que essa neura foi embora. Permaneci morena, assim como cruzei o ano. O cabelo da segunda foto está mais escuro porque retoquei a cor faz algumas semanas. E, sem contar que deixei o cabelo crescer de novo <3 Não posso deixar de mencionar a alegria em me livrar do aparelho. Desde 2010 eu sofria com esses ferrinhos na boca e em Julho eu ganhei um novo sorriso.

Tive que me arriscar. 

Minha amiga me disse na semana passada uma coisa muito importante, nossas melhores memórias são as que nos tiram da zona de conforto. E isso foi o que eu mais fiz nesse ano. Sempre fui uma pessoa que tinha medo de tentar, de falhar, de dizer. Em 2016 eu dei minha cara a tapa, falei o que pensava, aprendi a me amar, aprendi a ter orgulho das coisas que faço. Tentei, chorei, me arrisquei em coisas que jamais imaginava ( até usei uma blusa que eu julgava não combinar comigo). Quebrei conceitos que tinha sobre outras pessoas, fiz novos amigos. Enfim, se eu permanecesse dentro da minha própria caixa, certamente não teria aprendido e nem conhecido tanta gente. Graças a Deus que sempre tem alguém pra abrir nossos olhos.


Crescemos

Foi o ano em que recebi o feedback mais lindo do Rodovia Dezenove. Nunca li tantos comentários positivos, nunca tive tanto convívio com leitores e nem tanta gente pra me colocar pra frente e me incentivar. Comecei 2016 com 110 likes na Fan Page e estou terminando com 391, na média de visitas aumentou de uma maneira surpreendente, no instagram de 510 seguidores já estamos chegando aos 1.000! Me arrisquei ao escrever coisas que estavam no meu coração, a falar de novos assuntos, a pesquisar sempre e posso dizer que foi a melhor escolha!

Eu e Deus.

Eu até me emociono ao escrever essa parte. Contei aqui nas últimas semanas, em 2016 eu queria que Ele crescesse na minha vida, que Ele resplandecesse. E eu fui surpreendida todos os dias, com um cuidado que eu nunca senti antes, com um amor que me constrange, com um abraço tão confortável. Eu cresci esse ano, porque Ele abria os meus olhos todos os dias para coisas que estavam fora do meu entendimento. Ele me mostrou que eu não tenho que me preocupar com o que outras pessoas pensam, Ele vê o meu coração. Eu entendi o que é ser filha, eu recebi uma identidade de filha e pude chama-lo de meu amor, Ah, como foi lindo! Como fui levada a viver coisas que eu nunca imaginei, como eu pude provar dessa bondade que antes eu só ouvia falar. Nem nos meus melhores sonhos foram traçados memórias tão lindas. 


E a única coisa que eu sei que quero pra 2017 é Deus, é viver ainda mais o que Ele tem pra mim, é negar as minhas vontades, é sonhar os sonhos que Ele tem pra mim. Nunca me canso de dizer, Ele me deu um sentido pra viver e é exatamente onde eu quero permanecer.

Que esse ano que está para começar seja maravilhoso para todos nós, se Deus quiser, vai ser! O meu muito obrigada a todos vocês que me acompanham, aos novos e aos de carteirinha, vocês são incríveis! E ainda temos três dias para colecionar memórias para 2016, e que sejam memórias maravilhosas! Amém!

Um super beijo e fiquem com Deus <3

Os planos fora do plano.

26 de dez de 2016


Para o mês de Dezembro, eu tinha planejada diversos posts super legais para a temporada de Natal. Textos, dicas de filmes e séries, decoração para o Natal... Enfim, compartilhar várias coisas legais. Mas, o mês foi muito mais intenso do que eu imaginava. Era confraternização aqui e ali. Era reunião, encontro com as amigas, organizar as coisas para ver a família e no meio de tudo isso, ainda fui levada a viver tantas outras coisas. Quando comecei a me estressar, já que nos momentos que conseguiria escrever algo aqui as ideias não apareciam devido ao cansaço, Deus me lembrou de que o que eu estava vivendo, que me afastava daqui, tinha um propósito também. 

Ontem comemoramos o Natal e eu sempre reflito muito nesse dia. Acredito que Maria e José nunca planejaram ter o filho de Deus em uma manjedoura, mas isso fazia parte dos planos de Deus e de algo maior do que podemos entender. Um acontecimento tão simples que declarava que ainda havia uma esperança e que ela tinha acabado de chegar. A manjedoura abriu as portas de um reino em que as ruas são de ouro. Os planos de Deus não podem ser comparados aos nossos, mas Ele sempre serão melhores. 

Deus sempre vai mudar a rota, quando for necessário. Na maioria das vezes não vamos entender na hora. Eu só conseguia pensar em como era louco tudo o que eu estava vivendo, enquanto Deus falava: É o que você está precisando viver nesse momento. Não se sinta frustado quando aparecer planos fora dos seus planos atuais. Quando isso aconteceu, costumamos dizer que o universo conspirando contra, quando na verdade é Deus sussurrando: Tenho algo melhor pra você viver agora, só viva.

Na semana passada, quando percebi que havia dois dias para o Natal e eu não tinha feito nada. Quando a frustração estava para chegar, me veio a memória tudo o que eu vivi. Os abraços, as risadas e os amigos em volta das mesas de cada confraternização, as mensagens recebidas, os olhares, os novos laços estabelecidos. As conversas, o que Deus falou só comigo, o que Deus falou com outras pessoas. Os momentos em que temos fotos para recordar e os que foram gravados com o coração. Tudo isso, no final, ao colocar os meus últimos dias na balança, me fizeram perceber que valeu a pena a pequena renúncia, valeu a pena dizer sim para os planos que aparecem de repente e que estava totalmente fora dos meus. Valeu a pena arriscar e viver, talvez, o melhor mês desse ano. 

Ainda falta cinco dias para o ano acabar e eu já tenho vários planos até lá. Mas o meu coração está sempre dizendo " Deus, se quiser alterar todos esses planos, altera! Mas me permita viver segundo a tua vontade, todos os dias da minha vida, porque o Senhor sempre sabe o que é melhor pra mim"

Coisas Legais Que Ando Vendo Por Aí #5

13 de dez de 2016

Surra de link parte cinco sim, sim, siiiiiim!

Quando fiz esse post pela primeira vez, eu planejei liberar a cada quinze dias com vários links divertidos. Infelizmente eu planejei mas não me programei, então, a gente vai liberando uma vez por mês até eu conseguir me organizar 100% ( uma hora eu consigo, amém!).

Tem muita coisa linda pra vocês, muita mesmo, olha só:

10 mitos sobre o sonho de ter um guarda-roupa gigante.



Tinha um bom tempo que estava querendo um blog com um conteúdo que realmente me chamasse a atenção. O Fashion Coolture é um deles, a Flávia monta looks lindos! Mas, esse post sobre o guarda-roupa gigante me chamou a atenção. Acredito que esse é o sonho de toda garota ( inclusive o meu!) e ela meio que abre os olhos de várias pessoas para as dificuldades que podem existir e a gente não se da conta disso. Vale muito a pena conferir.

5 idéias pra um guarda-roupa ajudador


Lá no Oficina de Estilo tem um post sobre o guarda-roupa ajudador ou o guarda-roupa consciente. Tenho visto muitas meninas querendo adaptar esse estilo de vida e não sabe bem pode onde começar. Bom, esse post vai esclarecer algumas coisas <3


Para não nos esquecermos de fotografar 

Texto fofinho demais que a Au Sonsin escreveu no Depois dos Quinze. Ela mostra como as vezes é importante capturar os momentos, como os detalhes fazem toda a diferença <3

Porque ela sorri tanto?


"...Ela que não se achava digna, que já tinha gasto todas as oportunidades e apostado todas as fichas, olhou diretamente nos olhos da Esperança e lá dentro enxergou a melhor versão de si mesma. O Amor a resgatou e a própria Alegria lhe deu de presente um sorriso. E é por isso, meu amigo, que ela sorri tanto...." 

Texto que descreveu toda a minha vida e minha atual situação. Li lá no Vida de Garota Cristã, outro blog que tem sido um dos meus preferidos ultimamente <3

Winter Wonderland e o espirito natalino de Londres

Amo o blog Um Ano Sem Zara, já falei isso aqui várias e várias vezes. Recentemente, a Jojo se mudou para Londres e nesse post ela registra sobre um fim de semana em Londres com um espirito bem natalino. Eu amo o Natal e ela explica que lá eles levam isso muito sério, então, eu já anotei aqui o quão quero passar um Natal em Londres <3

A intenção por trás de toda ação.

12 de dez de 2016


Acabei de sair de uma época turbulenta. Chorei, cansei, estressei e mais mil ações que revelam o quão era necessário colocar o pé no freio e o que eu preciso de férias, urgente!

Mas, no meio dessa semana, eu tirei alguns dias para descansar a cabeça. Não pensar em nenhuma preocupação, em nada do que tinha que fazer em entregar, só ter aquele prazer de deitar a cabeça no travesseiro e ficar ali o tempo que eu quisesse. Nesses momentos, eu gosto de colocar alguma música pra tocar e ajudar o coração a descansar. 

Por incrível que pareça, resolvi acessar meu facebook e vi alguns amigos compartilhando uma pregação e com legendas que despertou o interesse de assistir. Parecia ser tudo o que eu precisava ouvir naquele momento. E era. 54 minutos com os olhos preso na tela, prestando atenção em cada palavra dita. E, no final, uma única pergunta ecoava na minha cabeça: " Porque eu faço o que eu faço?". É, isso mesmo, qual é o real motivo por trás de todas as minhas ações e de tudo o que assumo fazer? Será que a intenção no meu coração traduz as minhas atitudes de maneira perfeita ou tem algo escondido?

Falo isso no geral, temos a mania de colocar máscara e mostrar o que os outros querem ver e não o que realmente somos. Da mania de querer atrair os olhares ao invés de olhar para dentro. Já faz um tempo desde que parei de postar coisas na internet só para atrair a atenção de outras pessoas e agradar outras pessoas. Eu comecei a abrir meu coração, a expor o que eu realmente penso, o que eu realmente quero, o que eu realmente sonho. E a intenção era mostrar quem eu sou e não o que eu achava que poderia ser.

Como cristã, muitas vezes estamos nos importando demais com o nosso redor, sabe? Fazemos porque tem alguém olhando, ou pra que tenha alguém olhando. As vezes a mão está levantada, o olho está fechado, mas o seu coração está tão longe daquilo que os seus lábios estão cantando. Temos aquele momento ali tão especial e tão único, e ao invés de aproveitar aquilo de uma maneira nova, estamos preocupadas demais com o que podemos mostrar e o que podem pensar. É, eu já fui assim.

Eu não sei vocês, mas eu gosto do que é verdadeiro, do que é puro, do que vem de dentro pra fora. Eu prefiro me decepcionar com uma pessoa na primeira conversa do que criar a ilusão de quem ela parece ser mas não é. Minha mãe sempre me ensinou que devemos ser na rua o que somos dentro de casa, uma hora ou outra esses dois extremos vão se encontrar. E eu me pego imaginando, se um dia o meu coração se encontrar com as minhas ações, como é que vai ser? Será que temos feito coisas a ponto de não se preocupar com esse encontro? Falando por mim, eu tenho que concertar muita coisa e tenho que ter atitudes diferentes demais.

Não escrevo isso para moldar as atitudes de vocês. Escrevo porque do mesmo jeito que me fez bem abrir os olhos dessa maneira, talvez pode acontecer o mesmo com vocês. De vez em quando é bom levar um "tapa" da vida, pra reavaliar nossas atitudes e nos tirar da monotonia do dia a dia.

Maratona Netflix - Especial de Natal.

8 de dez de 2016

Eu sou uma das pessoas que mais ama Natal. Conto os dias para Dezembro chegar, ir em todos os shopping e praças para ver a decoração, preparar as mil confraternizações e amigos secretos, ajudar minha mãe a decidir a Ceia de Natal, decorar a casa e esperar pelo dia 24/25 só para viver esse dia lindo com a minha família.

Mas, se tem outra coisa que eu amo, é assistir filmes de Natal em Dezembro. Dá um gostinho mais especial, sei lá. A verdade, é que corro pra casa quase todos os dias, escolho um entre os milhares de filmes que já assisti nessa época e aperto o play como se fosse a primeira vez. Vai entender essa mania, mas é uma das mais divertidas.

Como estamos em Dezembro, decidi compartilhar os filmes mais legais de toda essa maratona com vocês. Não sei quais dias vão ser liberados, não sei quantos filmes por vez, mas vai ter muito filme pra vocês assistirem! Uhul, olhem só a seleção de hoje.

12 Dates Of Christmas.

O mais fofinho da lista de hoje. 12 Dates of Christmas conta a história de Kate, ela tem uma vida bem sucedida mas morre de medo de morrer sozinha. Ela decidi reconquistar o ex namorado, enquanto escolhe um presente para ganhar alguns pontos, ela leva uma "borrifada" de um perfume que acaba causando um desmaio. Aparentemente, não é nada. 

Naquele mesmo dia, ela descobre que seu ex está noivo, trata a sua vizinha de qualquer jeito, termina seu encontro as cegas de qualquer jeito... resumindo, ela tem um dos piores dias da sua vida. Mas, quando o relógio marca meia noite, misteriosamente Kate volta ao momento em que desmaiou e tem a opção de viver todo aquele dia novamente. No total, ela recebe 12 chances de fazer tudo diferente e viver uma noite de Natal maravilhosa. Sério, vale muito a pena ver. Parece que vai ser cansativo ver 12 vezes a mesma cena, mas as outras compensam todo esse cansaço.

A Royal Christmas


Imagina se você descobre que o seu namorado não é só o príncipe dos seus sonhos, mas um príncipe de verdade? Foi exatamente o que aconteceu com Emily. Ela tinha um relacionamento maravilhoso com Leo, até que perto do Natal, a Rainha o convoca para voltar ao reino e participar do Baile de Natal. Como teria que desfazer seus planos com Emily, ele decide contar a verdade e leva-la para conhecer sua mãe. 

Só que a Rainha não é a favor desse relacionamento. Ela decide fazer de tudo para terminar esse relacionamento enquanto Emily tenta se encaixar nesse novo mundo. É o famoso conto de fadas, com um clima de natal mas contado de um jeito muito gostosinho de assistir.

Papai Noel Casamenteiro.


Mesma atriz e uma história completamente diferente. Dessa vez, Lacey Chabert interpreta Melanie, uma menina que escreveu uma carta ao papai noel pedindo para encontrar seu príncipe encantado. O que ela não esperava era que ele havia guardado esse pedido esperando a hora certa para atende-lo.

Anos depois, ela tem uma confeitaria e namora Justin, novo diretor de uma grande empresa e que anda muito ocupado para dar atenção a sua namorada. Sempre que marca um compromisso, ele envia Dean, seu melhor amigo, para " fazer sala" até ele conseguir chegar. Só que em uma viagem, enquanto leva Melanie para encontrar Justin, Dean dá carona a Chris, um papai noel que está indo em direção à uma cidade perto do seu destino. Chegando lá o carro estraga e eles precisam passar alguns dias lá até tudo se concertar.  Só que eles não esperavam que um sentimento em especial ia vir à tona nessa reviravolta do destino.

Mais um fofinho, aliás, todos os três foram bem fofinhos! haha Prometo que nem todos os filmes serão cheios de história de amor assim, viu? Vai ter muita diversidade!

Vocês já viram algum desses filmes? Tem algum filme com esse tema para indicar? Podem me contar! 

Um super beijo e fiquem com Deus